As oportunidades das carreiras de nível médio no segmento de petróleo foram o tema da palestra Profissões de Futuro, ministrada por representantes da Petrobras no SENAI Cimatec, situada em Piatã, em Salvador, nesta quinta-feira (20/10), primeiro dia do evento SENAI Casa Aberta. “Com o crescimento do segmento de petróleo e gás no Brasil, queremos mostrar para os estudantes em fase de qualificação as oportunidades de emprego que o setor oferece. Com o programa, queremos nos antecipar a uma possível falta de pessoal qualificado para o mercado”, explica Ricardo Lamego, coordenador nacional do programa Profissões de Futuro, da Petrobras.

Além dele, participaram da palestra, os profissionais da Petrobras Norma Cristina, técnica de administração e controle, e George Rocha, técnico de inspeção de equipamentos. “O mercado está aquecido e o que ainda vai acontecer é muito animador. Por isso, estamos incentivando os jovens, mostrando as vantagens que a carreira de técnico proporciona”, conta o professor da Universidade Petrobras. A palestra Profissões de Futuro também será apresentada nas unidades SENAI Cetind (Lauro de Freitas) e SENAI Dendezeiros (Salvador).

Até sábado, uma extensa programação gratuita – que além das palestras inclui minicursos, oficinas e apresentações culturais – é oferecida à população baiana nas unidades do Senai no estado. “Abrimos as portas das nossas unidades para que a sociedade conheça a nosso trabalho. Além da excelência em educação profissional e ensino superior, temos forte atuação na área de tecnologia com relevante papel em inovação. Por isso, temos muito para mostrar à população”, ressalta Leone Peter, diretor regional do SENAI/BA.

Neste ano, o evento conta com um programa específico de visitas guiadas para alunos de escolas do ensino médio. Uma delas foi o Colégio Pirâmide, que levou duas turmas para visitar o SENAI Cetind, unidade que tem expectativa de público de 900 por dia de evento. “A turma já havia demonstrado interesse e, quando soube desta oportunidade, não titubeei. É importante despertar logo cedo nos alunos o interesse pelo lado profissional”, disse a professora Rosemeire de Oliveira, coordenadora do ensino fundamental.

A turma que ela acompanhou, com alunos do 9º ano do ensino fundamental, conheceu, durante a visita, os 21 laboratórios da unidade do SENAI situada em Lauro de Freitas, além de uma planta-piloto que reproduz um processo industrial da área de química e petroquímica e dos equipamentos da área de petróleo, a exemplo da sonda-escola.

O olhar curioso de Lucas Rodrigues demonstrava o interesse que o passeio despertou no estudante. “A gente passa a ter conhecimento de vários processos da indústria e começa a pensar em que área trabalhar”, disse.

Já a administradora de empresa Luzinete Vilela, 50 anos, se interessou pelos minicursos da área de meio ambiente oferecidos pelo Cetind. Depois de participar de uma oficina pela manhã, ela decidiu ficar na unidade também durante à tarde para participar da oficina de criação de horta e jardins dentro de casa. “Vim de Camaçari para participar”, disse.

Um dos minicursos da programação do Cetind foi o de Confecção de Arranjos Florais com materiais da mata, ministrado pela bióloga Anna Dalva Cunha. “Aqui, além de trabalhar com a educação ambiental, também tem-se a possibilidade de geração de renda”, explica a professora.

Foi justamente com o objetivo de aprender uma nova atividade e incrementar a renda da família que Ilka Lisboa, 50 anos, se inscreveu na oficina. “Pra mim é uma oportunidade importante. Aqui aprendo e posso ganhar dinheiro fazendo arranjos”, afirmou. Desempregada, ela já pensa em vender guirlandas e enfeites natalinos neste final de ano.

O SENAI Casa Aberta acontece ainda nesta sexta e sábado, dias 21 e 22 de outubro. A expectativa é que cerca de 12 mil pessoas visitem as unidades do SENAI no estado durante os três dias de evento.