10 habilidades comportamentais (soft skills) que você precisa ter/desenvolver
01/08/2018 Notícias

10 habilidades comportamentais (soft skills) que você precisa ter/desenvolver

Essas características, além do currículo educacional, também contam na hora de conseguir uma vaga no mercado de trabalho

As habilidades exigidas pelo mercado de trabalho vão além da técnica. As soft skills são as características que vão além daquelas desenvolvidas e requeridas para o trabalho técnico dos livros didáticos. São essas habilidades que podem fazer você se destacar. O mercado de trabalho está em busca de profissionais que tenham mais do que a teoria e habilidades técnicas, os empregadores procuram funcionários com características atitudinais. 

Conheça 10 soft skills (habilidades comportamentais) que você precisa ter para alcançar o sucesso profissional:

1. Resolução de problemas complexos

Estruturar problemas complexos e analisar informações relacionadas a fim de desenvolver e avaliar opções com o objetivo de implementar soluções. O mercado exige que as empresas gerem produtos cada vez mais complexos, em um tempo cada vez mais curto e com canais de distribuição mais otimizados. Com isso, a produção sofre com a complexidade na resolução de problemas. Quem consegue resolver essas situações se destaca.

2. Ética no trabalho 

O relacionamento interpessoal e a postura do trabalhador é cada vez mais importante para a otimização dos processos e para que haja um aumento de produtividade da equipe. Ações como atração e retenção de talentos são  muito importantes mas, em contrapartida, exige uma necessidade comportamental do trabalhador que é a questão ética, por exemplo.  A ética é demandada em todos os níveis hierárquicos. Os recrutadores muitas vezes consideram a ética quase mais importante do que a técnica, porque julgam que é a técnica é possível de ser aprendida e, a ética, não.

3. Comunicação eficaz 

Comunicar-se com outras pessoas para transmitir e receber informações de forma eficaz tem ligação com a forma de se expressar. A comunicação entre pares, superiores e subordinados é importante, principalmente por ser algo que flui cada vez mais rápido.  A informação é vital para o aumento da produtividade e da competitividade das indústrias que a detém, pois conhecimento é poder. As ações e as diretrizes da instituição precisam ser claras desde o presidente até o funcionário do chão de fábrica. Para que os funcionários consigam incorporar valor à empresa é fundamental uma comunicação eficaz. Se você se comunicar errado ou deixar algo fugir, a instituição pode ter problemas!  

4. Trabalho em equipe 

Para que as atividades sejam realizadas de forma correta, o trabalho em equipe é fundamental, principalmente no mundo corporativo. A integração entre as áreas da empresa é importante para o bom funcionamento das atividades. As instituições têm cada vez mais pessoas trabalhando em grupos interdisciplinares, isso significa que você terá pessoas de diferentes valores e percepções. Trabalhar em equipe significa escutar mais e aceitar as diferenças. Atualmente, você se depara ou trabalha com pessoas com diferentes padrões. Então, a empatia é necessária no trabalho em equipe. Empatia é se colocar no lugar do outro. Os profissionais que se destacam no trabalho em equipe conseguem alcançar patamares de liderança, que também é uma habilidade considerada importante para os recrutadores. Quando você lidera uma equipe, você precisa tentar entender a posição de cada um na equipe.

5. Gestão do Tempo 

Ter o controle da gestão do tempo é uma habilidade importante para o profissional moderno. Gerenciar o próprio tempo e o dos outros, considerar os objetivos do trabalho a ser realizado, saber controlar o período de produção, priorizar as tarefas e estabelecer metas significam eficiência no trabalho. Principalmente na era da tecnologia digital, essa habilidade está ligada a ser mais produtivo - ou seja, nem ocioso e nem com trabalho abundante. Quando o funcionário trabalha muito ele se sente estressado. Em contrapartida, se ele tem um fluxo menor, ele se sente desmotivado. Esse equilíbro é fundamental.

 

Criatividade e Softskills

6. Criatividade e Inovação 

Capacidade de gerar ideias inovadoras sobre um determinado assunto ou situação, ou desenvolver formas criativas para resolver um problema. A importância da criatividade e da inovação é uma questão mercadológica. Como a sociedade está cada vez mais diversificada, os nichos de mercado vão se ampliando. Além disso, o consumidor está mais exigente. Isso impacta a forma de produção que precisa se adaptar a esse novo público. Você tem que ter criatividade, não só para desenvolver novos produtos mas para mantê-lo com um certo grau de fidelização. Para isso você precisa utilizar a criatividade e a inovavação para desenvolver novos processos e produtos.

7. Ordenar as informações

Capacidade de organizar elementos ou ações em uma certa ordem ou padrão, de acordo com um conjunto de regras específico (por exemplo, padrões de números, letras, palavras, figuras, operações matemáticas). É necessário ordenar as informações para conseguir guardá-las e tratá-las, isto é, interpretar, analisar e utilizar as informações dentro da empresa. O objetivo é gerar conhecimento. A empresa tem que lidar com muitas informações, por isso saber ordenar esse tipo de conteúdo é essencial para a competitividade.

8. Fluência de ideias

Para gerar várias ideias sobre um tópico é necessário ser criativo, gerar ideias e comunicá-las bem. Essa é uma capacidade importante, pois se relaciona à complexidade dos problemas e aos tipos de raciocínios. 

9. Raciocínios Indutivo e Dedutivo 

Esses tipos de raciocínios estão conectados aos tipos de problema que você deve resolver. Além da técnica, é importante ter a capacidade de raciocinar indutiva e dedutivamente. 

- Indutivo: Capacidade de combinar partes de informações para formar regras ou conclusões gerais (inclusive de relacionar eventos que parecem não estar relacionados).

- Dedutivo: Capacidade de aplicar regras gerais a problemas específicos para gerar resultados que fazem sentido.

10. Raciocínio Matemático 

É a capacidade de escolher entre certos métodos ou fórmulas matemáticas para resolver problemas. O raciocínio matemático é aquele que evita o desperdício e que faz com que você tenha que aplicar a matemática na produção, por exemplo, para evitar o desperdício de matérias primas, produtos e estoque. 

por: Isabela Guimarães

Este conteúdo foi útil para você?